Gerente de Projetos, Prós e Contras

Tenho um colega de trabalho, que assim como eu, adora livros de gestão. Ele tem uma pequena biblioteca em sua mesa de trabalho e neste fim de semana, resolvi pedir um dos títulos emprestados: o “Project Management” do autor Gary R Heerkens. 
É um livro, como o próprio nome já diz, sobre gestão de projetos. O diferencial é que o autor explica como gerenciar um projeto através da história de um personagem. Ele mostra os desafios encontrados por um recém nomeado gerente de projetos. Lembra-me um pouco do livro o Segredo de Luiza, que a apresenta o que é empreendedorismo através da jornada da personagem Luiza na criação de um negócio.
Ainda estou no início, mas um parágrafo que me chamou a atenção é onde ele explica os prós e contras de ser nomeado gerente de projeto.


Prós:

  • pode ser um passo para uma promoção;
  • dá uma sensação de dever cumprido;
  • não há rotina;
  • dá certa liberdade/ autonomia;
  • uma oportunidade de criar mudanças em uma organização.
Contras:

  • requer tolerância a politicagem;
  • requer tolerância a ambigüidade e incerteza;
  • há muita responsabilidade, mas pouca autoridade sobre as pessoas;
  • sentir-se distante do lado técnico;
  • você pode ser percebido como alguém que não tem um trabalho sério na empresa.
Advertisements